About Us tem vaca na moita tem vaca na moita Of All Categories Academics, Arts, Autos, World & Business, World News, Business & Finances, Consulting, Entrepreneurship, Politics, Career & Jobs, Computers, Education & Training, Entertainment, Celebrities, Movies, Music Television, Food & Drink, Games, Gaming News, Nintendo Wii,PC Games, PlayStation Xbox 360, Health & Fitness, Home & Garden, Humor, Law & Legal, Lifestyle, Fashion, Marketing, SEO, Mobile, Personal, Parenting, Relationships, Pets, Photos, Real Estate, Recreation & Sport, Religion, Science, Shopping, Sports, Baseball, Basketball, Extreme, Football, Golf, Hockey, Motorsport, Soccer, Tennis, Technology, Tech News, Apple, Blogging, Design, Gadgets, Hardware, Internet, Linux/Unix, Microsoft, Programming, Security, Software, Web 2.0, Wireless, Web Hosting, Travel, Video Blogs, Writing, Wallpaper.

Friday, December 9, 2011

FUNDO ESTADUAL DE CULTURA RN E AS BANDAS DE MUSICA

Carta aberta ao Brasil, sobre nossa posição em relação ao percentual sugerido para as bandas de Musica do RN, que consta no Projeto de Lei encaminhado a ALRN, para discussão e votação. Bembem Dantas – Cruzeta/RN
Fundo Estadual de Cultura - RN e as Bandas de Musica: Nossa preocupação!
Ao ver direito a proposta do governo acerca da distribuição dos recursos do FEC, Fundo Estadual de Cultura, que está prestes a ser votado na câmara dos deputados, me certifiquei que,  a porcentagem destinada ao SEBAM - RN ( Sistema Estadual de bandas de Musica do RN ), é 5% e não 0,5 %, como havia entendido. De qualquer forma nossa posição continua a mesma, compreendemos que os prováveis R$ 750.000,00, por ano, são incipientes para atender a 115 bandas, em atuação no estado, as quais envolvem diretamente nas suas escolas de formação teórica e pratica aproximadamente 12.000 alunos. Esse é o momento de quem esperou, perseverou e lutou já a quase dois séculos , fazendo o que seria atribuição dos governos, no sentido de disseminar, estimular e manter a cultura do ensino musical por todas as regiões do estado do RN. Das Bandas saem cerca de 80% dos músicos que hoje estão em atividade no estado, lembrando que muitos estão em outras regiões do país e até no exterior. As escolas de musica, Do RN: Instituto Waldemar Almeida, EMUFRN (Natal ) e da UERN (Mossoró ), não atendem nem 5% da demanda de formação e graduação dos nossos músicos, sendo que o mercado exige nessas eras de globalização, performance técnica atualizada e até qualificada.
Nesse contexto sabe-se lá como, as Bandas tem sido de longe o principal meio de fomento ao desenvolvimento da musicalidade potiguar, sem contar a contribuição nos aspectos sociais, educacionais, geração de renda e formação cidadã.
É provável que questionemos: Para quem não tinha nada, já é muita coisa! Engano pensar assim, já que temos muito! O suficiente para apresentar e mostrar durante o tempo que se puder imaginar. Nosso patrimônio é tão imenso e infinitamente rico para a cultura Potiguar, talvez a nossa principal identidade e que sempre se caracterizou pelo acolhimento e respeito a diversidade cultural , que caracteriza o nosso país.São quase dois séculos de produção cultural e artística das Bandas no nosso estado se fazendo presentes em todos os momentos importantes dos municípios e via de regra a principal mobilizadora cultural das cidades do interior. Estima-se que a Banda Euterpe Jardinense de Jardim do Seridó, com 152 anos de fundação e em ação ininterrupta, tenha se apresentado mais de 15.000 vezes e promovido mais de 30.000 ensaios. A Banda de Cruzeta, com apenas 25 anos, já passa de 2.500 apresentações e seus músicos têm na agenda 06 ensaios por semana. Temos na atualidade cerca de 15 bandas com mais de cem anos e mais da metade estão organizada em associações culturais, de maneira que somos um patrimônio construído no compromisso do amor a arte, a nossa cultura, ao talento e a capacidade de criação do musico dessa terra.
Não queremos ser intolerantes nem tampouco ingratos, se não reconhecermos e aplaudimos a ação do governo em implantar o FEC-RN, é um avanço, uma conquista, mas, não podemos concordar que apenas 5% seja destinado ao SEBAM-RN, pois temos nesse ato histórico contida toda nossa esperança, de podermos nos equipar quanto escola e grupo musical, promover a formação técnica que demanda da ineficiência do estado, promover eventos culturais e a cultura musical instrumental, fomentar o movimento de formação e inclusão social, promover e difundir nossos valores criativos e pedagógicos, adequação e melhorias dos espaços, desenvolver programas de apoio a registros fonográficos e literários, etc e etc.
Para ilustrar podemos comparar o tamanho da nossa decepção, tomando como referencia a Orquestra Sinfônica do RN,- OSRN que tem ao final de cada ano um gasto geral de quase o dobro do percentual que tocará as Bandas caso permaneça os 5% que está sendo sugerido no projeto de lei encaminhado pela governadora Rosalba a ALRN, para ser discutido e votado.Lembrando que apenas cerca de 40 músicos, estão estabilizados nessa importante orquestra, os quais permanentemente ainda reclamam melhores condições salariais e de trabalho, necessitando para se apresentarem a contratação por cachê de mais cerca de 20 músicos, sendo que as Bandas envolvem diretamente 300 vezes mais pessoas diretamente, na sua maioria crianças e jovens.
Portanto é justa a nossa reivindicação, esse bolo está mal repartido, esperamos mais uma vez contar com a sensibilidade dos nossos deputados e deputadas e com a mobilização e apoio de todos os maestros, músicos, amigos e gestores das bandas do RN, para alterarmos para 10% esse percentual, que ainda seria insuficiente, mas com a garra e a disposição que temos, haveremos de triplicá-lo em ações concretas, exemplificando nossa forma de gestão e firmando uma metodologia de resultados práticos e humanista.
Compreendemos que ESSA É A NOSSA HORA,o nosso tão esperado momento, é pertinente que procuremos todos, urgentemente, contato com os deputados e deputadas, que são sabedores da importância do nosso trabalho, prova quando num primeiro momento de reconhecimento, aprovaram o Sistema Estadual de Bandas de Musica do RN, mesmo antes da implantação do FEC-RN, e lembramos que criamos também a UNIBAN – União das Bandas do RN, um fato que revela nosso poder de organização e que estamos preparados para fazer deste estado, uma referencia nacional no cenário musical.
Por fim pedimos o apoio da sociedade para nosso pleito, que é,repito, de cunho sociocultural e artístico, educacional, gerador de renda e desenvolvimento.

No comments:

Post a Comment

Search This Blog

Loading...
Preview on Feedage: tem-vaca-na-moita Add to My Yahoo! Add to Google! Add to AOL! Add to MSN
Subscribe in NewsGator Online Add to Netvibes Subscribe in Pakeflakes Subscribe in Bloglines Add to Alesti RSS Reader
Add to Feedage.com Groups Add to Windows Live iPing-it Add to Feedage RSS Alerts Add To Fwicki
Add to Spoken to You
Entertainment Powered by Mysiterank Dr.5z5 Open Feed Directory Feedage Grade B rated

Blog Archive